Presidente do Cofecon analisa crise econômica e desemprego

Em participação no Jornal da Cultura, exibido ao vivo no dia 09 de junho, o presidente do Cofecon, Antonio Corrêa de Lacerda, comentou dados referentes ao desemprego no Brasil e falou sobre a estimativa de 16 milhões de profissionais desocupados no País até o fim deste ano.

“Nós não sabemos o desenrolar da pandemia, ainda estamos em números ascendentes. Não atingimos uma estabilidade ou queda. Isso significa que a crise econômica, que é decorrente também da crise sanitária, vai ser prolongada e empregos ocorrem em função de atividade. Então, quanto menos atividade você tem, maior o número de desempregados”, destacou Lacerda.

Confira abaixo o comentário completo.

Antonio Corrêa de Lacerda comenta a crise econômica resultado da crise sanitária

"A crise econômica que é decorrente da crise sanitária vai ser prolongada. E emprego é função de atividade, quanto menos atividade se tem maior o número de desempregados", disse o economista Antonio Corrêa de Lacerda no #JornaldaCultura.

Posted by Jornalismo TV Cultura on Tuesday, June 9, 2020