Apresentação

Sobre o Conselho Federal de Economia

O Conselho Federal de Economia, com sede em Brasília, é uma autarquia responsável pela fiscalização profissional dos 230 mil economistas brasileiros. Foi criada pela Lei nº 1.411/51, que regulamenta a profissão de Economista, e tem como atribuição assegurar o exercício legal e ético da profissão de economista e contribuir para o desenvolvimento socioeconômico do País.

O Cofecon é composto por 18 conselheiros federais, incluindo o presidente, economista Antonio Corrêa de Lacerda, e o vice-presidente, economista Paulo Dantas da Costa, ambos eleitos pelo Plenário entre os membros efetivos para mandato de um ano.

Currículo

Antonio Corrêa de Lacerda é presidente do Cofecon desde 2020, tendo sido reeleito para o cargo em 2021 e 2022. Foi presidente da autarquia em 1999 e vice-presidente em 2019. É doutor pelo Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), professor-doutor da Faculdade de Economia, Administração, Ciências Contábeis e Atuariais da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Lacerda foi economista-chefe e diretor de economia de empresas e organizações, e atua como consultor econômico. É articulista assíduo de publicações, comentarista do Jornal da Cultura (TV Cultura) e autor de cerca de 20 livros na sua área de atuação, tendo sido um dos ganhadores do Prêmio Jabuti, na área de economia, no ano 2001, pelo seu livro “Desnacionalização”.

Paulo Dantas da Costa Paulo Dantas da Costa é graduado em Ciências Econômicas pela Faculdade Católica de Ciências Econômicas da Bahia, especialista em Direito Tributário e Administração Financeira Governamental. Como Auditor Fiscal ocupou diversos cargos de direção, inclusive o de Coordenador de Programação Financeira. Foi presidente e vice-presidente do Corecon-BA e presidente do Cofecon em 2014 e 2015. Nos últimos anos teve destacada atuação nas comissões de Normas e Legislação e de Reforma Tributária.

close

Guia de Orientação Profissional do Economista

Não enviamos spam! Ao confirmar a sua assinatura, você receberá conteúdo gratuito de Economia.