Pause
  • 1

  • 2

  • 3

  • 4

  • 5

  • 6

O presidente do Conselho Regional de Economia do Pará e Amapá (Corecon-PA/AP), Nélio Bordalo Filho, se reuniu com membros do Corecon Acadêmico, do Centro Acadêmico de Economia da Universidade Federal do Pará, e com o coordenador do Grupo de Educação Financeira da Amazônia (GEFAM), Alexandre Damasceno, na última segunda-feira, 20 de junho, na sede do Regional. O grupo propôs a criação da Comissão Acadêmica de Assuntos Empresariais, Governamentais e Globais no Regional.

As inscrições para XXII Prêmio Brasil de Economia terminam no dia 1º de julho. A iniciativa do Conselho Federal de Economia reconhece anualmente trabalhos acadêmicos de economistas e estudantes de economia, com premiações em dinheiro. Neste ano, serão distribuídos R$ 48 mil às melhores monografias de graduação, dissertações de mestrado, teses de doutorado, artigos técnicos/científicos e livros de Economia. As inscrições devem ser feitas no site do XXII PBE – Clique AQUI.

Os Conselhos Regionais de Economia (CORECON’s) do Nordeste, após realizarem o XXVIII ENE, de 15 a 17 de junho, em Parnaíba (PI), vêm divulgar este documento, que pretende expressar as principais conclusões a que se chegou nos profícuos debates em torno da temática do evento - O protagonismo do Nordeste para o desenvolvimento do Brasil no século XXI: diagnósticos, iniciativas e estratégias para o futuro.

O presidente do Conselho Federal de Economia (Cofecon), Júlio Miragaya, participou do XXVIII Encontro de Entidades de Economistas do Nordeste, realizado de 15 a 17 de junho em Parnaíba, no Piauí. Cerca de 250 pessoas, entre estudantes e economistas, se reuniram para discutir “O protagonismo do Nordeste para o desenvolvimento do Brasil no século XXI: diagnósticos, iniciativas e estratégias para o futuro”.

O Conselho Regional de Economia do Paraná (Corecon-PR) realizará, dias 24 e 25 de junho, o 4º Encontro Paranaense de Economistas e Estudantes de Economia (Epeco) e o 6º Torneio Paranaense de Economia, na cidade de Foz do Iguaçu. O objetivo do Epeco é discutir assuntos econômicos relacionados ao desenvolvimento socioambiental e o curso de Economia. O tema central desta edição é “O que esperar da Economia Brasileira: Para onde vamos?”.

A indicação pelo governo interino de Michel Temer de diretor-presidente de empresas de consultoria e de classificação de risco para a presidência do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) é fonte de preocupação para a sociedade e para o corpo técnico da instituição.

Hide Main content block

Artigos

A demonização dos déficits fiscais
Neste artigo publicado no Correio Braziliense, Fernando Aquino fala sobre os déficits. "O governo, eventualmente, pode estar agindo corretamente ao ... Leia mais