Ex-conselheiro lança livro sobre competitividade e inovação

Tamanho da Letra

Lancamento AgriculturaIndustriaOs economistas José Eustáquio Ribeiro Vieira Filho, pesquisador do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e ex-conselheiro federal, e Albert Fishlow, Professor Emérito da Universidade de Columbia e estudioso do Brasil há mais de 50 anos, lançaram nesta terça-feira (18) o livro Agricultura e Indústria no Brasil - Inovação e Competitividade. A obra foi apresentada no auditório do IPEA, em Brasília, em cerimônia que contou também com a presença do presidente da Embrapa, Mauricio Lopes, e do assessor Eliseu Alves, que foi também o segundo presidente da empresa entre 1979 e 1984.

Em suas falas, os representantes da Embrapa destacaram que a ciência e o conhecimento estão na base do desenvolvimento e falaram sobre a importância da tecnologia. "A agricultura ajudou o país a alcançar a segurança alimentar e a se tornar um fornecedor de alimentos para o mundo", apontou Lopes. Alves foi na mesma linha: "A Embrapa é uma demonstração de como gente bem treinada pode dar bons resultados para o país".

Albert Fishlow falou sobre o momento em que chegou ao Brasil, nos anos 60, destacando que era uma época em que o mundo todo acreditava na importância do planejamento. O Brasil realizou um Plano Decenal para ter acesso a financiamento norte-americano. "Saiu o Plano, e eu sempre tive minhas dúvidas, utilizávamos um modelo em que no terceiro ano os coeficientes fixos não faziam mais sentido. Então eu participei da realização do primeiro Plano Trienal".

Fishlow falou sobre três dificuldades da economia brasileira, sendo a primeira delas a educação. "Havia muito investimento na educação universitária e pouco na fundamental. O grande êxito da Coreia tem a ver com a educação", afirmou o economista. O segundo problema é a poupança interna. "No Brasil, ainda hoje, a taxa de poupança é de 16%. Nenhum país do mundo conseguiu passar do lado de dependência do exterior para o lado do desenvolvimento sem investimentos". O terceiro problema é o excessivo incentivo à indústria. "Falta uma política consistente para que o setor privado caminhe ao lado do Estado. No Brasil não são as indústrias que investem em inovação".

O ex-conselheiro federal José Eustáquio falou sobre a importância do setor agrícola. "Representa quase um terço do PIB, um quarto da geração de empregos e metade das exportações", comentou. "O Brasil terá em 2017 uma safra recorde. Mas isso não acontece porque choveu mais, ou porque o sol foi adequado, ou porque as mudanças climáticas beneficiaram o Brasil. É por causa da ciência.

Lançamentos continuam

O lançamento do livro acontecerá também nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro nos dias 19 e 20, respectivamente. Veja abaixo as informações:

Lançamento dia 19 de abril de 2017 - 1° encontro
Local: FGV-EESP e do PAE/EAESP.
Horário: de 14h30 as 16h30
Abertura: Yoshiaki Nakano, diretor da FGV-EESP; Adolfo Sachsida; e Arthur Barrionuevo, chefe de departamento do PEA/EAESP
Apresentações: Albert Fishlow e José Eustáquio Ribeiro Vieira Filho
Debatedores: Gesner de Oliveira, prof. EAESP; Marcio Holland, prof. EESP; Antônio Marcio Buainain, prof. Unicamp.

Lançamento dia 19 de abril de 2017 - 2° encontro
2° encontro em São Paulo
Local: FEA-USP Av. Prof. Luciano Gualberto, 908, Cidade Universitária
Horário: 18h30
Abertura: Jose Roberto Savoia e Adolfo Sachsida
Apresentações: Albert Fishlow e José Eustáquio Ribeiro Vieira Filho

Lançamento dia 20 de abril de 2017
Local: IPEA-Rio – Rio de Janeiro
Horário: 10h30
Abertura: Adolfo Sachsida e Thomas Trebat, diretor do Centro da Universidade de Columbia no RJ
Moderação: Adolfo Sachsida
Debatedores: Edmar Bacha; Regis Bonelli; Albert Fishlow; e José Eustáquio Ribeiro Vieira Filho


 

(*) Jornalista do Cofecon
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Escrito por Manoel Castanho (*)