Pause
  • 1

  • 2

  • 3

  • 4

  • 5

Reforma trabalhista foi o tema do debate realizado na 677ª Sessão Plenária do Conselho Federal de Economia, neste sábado (25 de março), entre o especialista Pablo Rolim Carneiro, da Confederação Nacional da Indústria (CNI), e o economista e conselheiro federal Antônio Melki. A mesa foi coordenada pelo coordenador da Comissão de Política Econômica do Cofecon, o conselheiro federal Róridan Duarte. O evento ocorreu na sede do Cofecon, em Brasília.

O presidente do Conselho Federal de Economia, Júlio Miragaya, participou nesta terça-feira, 21 de março, de um debate sobre conjuntura econômica durante o encontro do Conselho Permanente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O evento reuniu a presidência da entidade, os presidentes dos 18 regionais os presidentes das Comissões Episcopais de pastoral, os representantes de bispos e assessores. Mais de 70 pessoas prestigiaram o evento, que encheu o auditório. A palestra de Miragaya respondeu pela prática do Conselho Permanente da CNBB que, em suas reuniões ordinárias, sempre dedica espaço para a análise da conjuntura brasileira.

O presidente do Conselho Federal de Economia, Júlio Miragaya, participou nesta terça-feira (21) de um debate sobre conjuntura econômica durante o encontro do Conselho Permanente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O convite foi feito pelo secretário geral da entidade, Dom Leonardo Steiner. O evento reuniu a presidência da CNBB, os presidentes dos 18 regionais, os presidentes das Comissões Episcopais de pastoral, os representantes de bispos e assessores. O Cofecon também se fez presente com o coordenador da Comissão de Política Econômica, conselheiro Róridan Duarte. Mais de 70 pessoas prestigiaram o evento, que encheu o auditório. A palestra de Miragaya respondeu pela prática do Conselho Permanente da CNBB que, em suas reuniões ordinárias, sempre dedica espaço para a análise da conjuntura brasileira.

O Conselho Federal de Economia reconhece anualmente trabalhos acadêmicos de economistas e estudantes de Economia. Em 2017, o Prêmio Brasil de Economia chega a 23ª edição e irá distribuir R$ 26 mil em prêmios entre os primeiros colocados nas categorias monografias de graduação, dissertações de mestrado, teses de doutorado, artigos técnicos/científicos e livros de Economia. As inscrições seguem até o dia 03 de julho e devem ser feitas nos Conselhos Regionais de Economia ou no site do Prêmio. O regulamento está disponível no link: http://pbe.cofecon.org.br/regulamento.html

pill geneva;">

remedy geneva; font-size: 10pt; color: #000000;">Está disponível no site do Senado Federal uma Consulta Pública sobre o Projeto de Lei do Senado (PLS) 658/2007, que estabelece alterações à Lei nº 1.411, de 13 de agosto de 1951, para atualizar a regulamentação do exercício da profissão de Economista.

Hide Main content block

Notas Oficiais

NOTA DA PRESIDÊNCIA DO COFECON SOBRE A PARTICIPAÇÃO DA MULHER NA ...
Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, o Conselho Federal de Economia reitera o reconhecimento a todas as mulheres economistas, profissionais ... Leia mais

Artigos

Eugênio Gudin - um engenheiro interessado em economia
Luiz Alberto Machado e Renato Lembe escrevem sobre Eugênio Gudin, considerado um dos maiores economistas brasileiros de todos os tempos. Leia mais